Cada Homem Um Artista

14.00

50 em stock

REF: Cada Homem Um Artista Categorias: , Etiqueta:

Acerca do Autor

Joseph Beuys

Título original: Cada Homem Um Artista
Autor:
Joseph Beuys
Inclui Ensaio: Beuys, homem-arena, de Júlio do Carmo Gomes
Tradução e Notas: Júlio do Carmo Gomes
Capa, Design e Paginação: Maja Marek
N.º de páginas:  208
2.ª Edição | Ano :  2011 |  Tiragem: 750 exemplares
ISBN: 978-989-8306-09-8

Sinopse:

Uma compilação de diálogos de Joseph Beuys com vários interlocutores, sobre arte, educação, sociedade, capitalismo liberal, a emancipação das mulheres ou a consciência crítica e social do ser humano, entre outros temas, numa acção levada a cabo pelo artista no Documenta 72 – certame de arte contemporânea de Kassel (Alemanha).

Figura central da consciência artística na Europa do pós-guerra, a obra de Joseph Beuys (1921-1986) tornou-se numa permanente instalação verbal, fulcro da sua desdobragem enquanto activista, pensador e professor itinerante (o fluxo beuysiano levou-o a fundar a Universidade Livre Internacional, a Organização para a Democracia Directa ou os Verdes), e rastilho incontornável da sua figura controversa e prometeica. Poucos artistas no século XX rivalizaram Beuys na ruptura estética, na amplitude artística e na contínua experimentação do seu inusitado processo de expressão enquanto escultor, performer, pedagogo, pensador radical e activista social e político.

Cada Homem Um Artista é precedida por um aprofundado ensaio (Beuys, homem-arena) que parte de uma leitura global sobre o pensamento e a actividade do artista alemão no confronto com a sua época, não se confinando nunca a uma mera crítica de arte.

Uma biografia completa e uma extensa bibliografia sobre J. Beuys enriquecem ainda a 2ª edição desta obra.

Na imprensa

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Cada Homem Um Artista”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *